4 de abr de 2012

Não adianta

Alguém entra na sua vida, rouba seu tempo, destrói sua confiança, agride sua auto-estima, estilhaça o pouco que resta da sua esperança no amor. E sai ileso. Não adianta desperdiçar sofrimento por quem não merece. É como escrever poemas em papel higiênico e limpar o cu com os sentimentos mais nobres."

(Cazuza)

5 comentários:

  1. Aff não conhecia essa do Cazuza. Sempre incrível...

    Vou ver se escrevo e leio diariamente sabe? Pra me reerguer...

    ResponderExcluir
  2. O choque das palavras
    junto à realidade em sí.

    Cazuza,
    eterno poeta.

    ResponderExcluir
  3. Sempre intenso³..
    Poeta Cazuza
    =)

    bjo Lilian

    ResponderExcluir
  4. Verdade. Não adianta. Cazuza estava certo

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)