12 de fev de 2012

Mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira


“O principal é não mentir para si mesmo. Quem mente para si mesmo e dá ouvidos à própria mentira chega a um ponto em que não distingue nenhuma verdade nem em si, nem nos outros e, portanto, passa a desrespeitar a si mesmo e aos demais. Sem respeitar ninguém, deixa de amar e, sem ter amor, para se ocupar e se distrair entrega-se a paixões e a prazeres grosseiros e acaba na total bestialidade em seus vícios, e tudo isso movido pela contínua mentira para os outros e para si mesmo.”
— (Dostoiévski, Os Irmãos Karamázov)

5 comentários:

  1. Salva de palmas!!! Verdade verdadeira!

    ResponderExcluir
  2. A verdade e seu corte perfeito.

    bjo de
    bom dia
    =)

    ResponderExcluir
  3. É de dar medo o quanto que chegamos a acreditar em nossas próprias mentiras por pura convenção...

    ResponderExcluir
  4. Dostoiévski é um mestre.
    R.Russo também.

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)