23 de out de 2011

A um ausente



Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.

Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enloqueceu, enloquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?

Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.

Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste.
Carlos Drummond de Andrade

13 comentários:

  1. Adoro o sentimento de Drummond diante da morte.

    ResponderExcluir
  2. Sigo vários blogs, e por isso visitar todo mundo e comentar principalmente, não é uma tarefa fácil. Mas eu sempre estou de olho em todos, por isso hoje reservei um tempinho pra estar visitando todos os blogs que sigo,desejo um ótimo começo de semana a ti

    Que Deus abençoe!!!

    ResponderExcluir
  3. "Sim, tenho saudades." Define meu atual momento.

    ResponderExcluir
  4. Ai estes pactos rompidos... como doem...

    ResponderExcluir
  5. Há nesse texto um traço indiscutível de coragem e dor. Lindo!
    Aplaudo de pé!

    =)

    ResponderExcluir
  6. Quando há saudade, não existe palavra que amenize... Não há lembrança que acalente... O que nos cura é a presença.

    (*=

    ResponderExcluir
  7. Um monte de pactos desfeitos,laços rompidos sem porquês explicados. =/

    ResponderExcluir
  8. Oi Lilian, nossa meu coração sofreu agora com a palavra saudade. Isso é uma parte da minha vida que eu jamais vou conseguir deixar de sentir.
    Seu blog é sempre avassalador, fazendo com que nossos sentimentos mais profundos sejam revelados. Bjs Cynthia.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo bom gosto, obrigada por reunir tantas lindezas. :)
    um lugar muito confortável, aqui.

    beijos, Lilian. =*

    ResponderExcluir
  10. Uau.
    Faltou fôlego.
    Nem dá pra comentar. Drummond já disse ou deixou de dizer, TUDO !!!

    Bjs,
    S

    ResponderExcluir
  11. Oie!

    Sigo seu blog pelo reader no meu celular e adoro.

    Leio geralmente à noite, e chamo gentilmente esse horário de "retiro espiritual".

    Obrigada!

    Lilian
    www.doce-borboleta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Nossa que texto verdadeiro! Já estou te seguindo, adorei o blog. Se der, dá uma passada no meu blog Feelings and Bullshit. Escrevo sobre vida, relacionamentos, poemas sentimentos e besteiras!
    http://feelings-and-bullshit.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)