23 de ago de 2011

Só o gato que é gaiato cai de pé





"Pelo o que me diz respeito. Eu sou feita de dúvidas.
O que é torto, o que é direito. Diante da vida. O que é tido como certo, duvido.
E não minto pra mim. Vou montada no meu medo.
E mesmo que eu caia, sou cobaia de mim mesma.
No amor e na raiva, vira e mexe me complico.
Reciclo, tô farta, tô forte, tô viva.
E só morro no im.
E pra quem anda nos trilhos cuidado com o trem.
Eu por mim já descarrilho. E não atendo a ninguém.
Só me rendo pelo brilho de quem vai fundo.
E mergulha com tudo, pra dentro de si.
Lá do alto do telhado pula quem quiser.
Só o gato que é gaiato, cai de pé.."

(Martha Medeiros)

9 comentários:

  1. A Martha tem um jeito tão vivo de narrar a vida.

    ResponderExcluir
  2. É por isso que eu adoro Martha Medeiros. *-*

    ResponderExcluir
  3. Dúvidas?! É comigo mesma

    Bela escolha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Queria a abilidade e a coragem ...só pula quem não tem medo de se arriscar .

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Se eu falar:"miau" será que Deus deixa eu cair de pé?

    Tomara.
    MIAU, MIAU, MIAU...

    Bj

    ResponderExcluir
  6. Tbm me rendo pelo brilho de quem vai fundo.
    =)

    bjo
    bom dia!

    ResponderExcluir
  7. Sou fim,mas também sou reinício.

    "Só me rendo pelo brilho de quem vai fundo.
    E mergulha com tudo, pra dentro de si. "

    >>Nada me descreveria tão bem!

    Beijo Li!

    ResponderExcluir
  8. Eita mulher pra saber das coisas, como ela faz isso?!

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)