12 de jul de 2010

Para amores impossíveis,...talvez,o tempo!

Vou tentar te escrever. Vou tentar manter a doçura.Talvez saia um pouco de amargura. Mas, será inevitável. Só que tentarei ser doce até o fim.
Essas linhas serão eternas. Tudo que escrevi pra ti vai ficar aqui. Vai conter cada pedaço de sentimento que eu te entreguei e tu recusastes.  Não sei se você leu. Não sei se você soube. Se não soube, desculpa, mas a culpa não foi minha.  Esse sentimento vai continuar aqui. Vai ficar aqui intocável na poesia. Congelado. Estático. Imutável. Triste pra sempre. Assim, como os espinhos dos  livros que eu tanto amo, livros escritos para amores impossíveis. Amores contrariados. Sabe não entendo. Mas amo mesmo assim. Eu sei que você está pensando que eu sempre fantasio. Ora, meu querido, a fantasia foi toda minha. Mas, vou seguir. Você está seguindo. Quando penso nisso  sinto os cacos de vidro  na garganta, toda vez que engulo saliva e palavras não ditas. As palavras sangravam. Vou seguir um caminho mais doloroso, talvez. A chuva cai aqui dentro,  fecho  os olhos. Depois os abro e eles chovem também. Nesse momento meus olhos estão abaixados, vagando por dentro. Tentando por reticências... no pensamento. Vai ser assim, né? Por um tempo só vou ter esse céu de uma tempestade anunciada. Esse nó na garganta. Esses labirintos que vou tentar completar com todos os livros do mundo e que me deixarão cada vez mais perdida. Essa ausência de coisa alguma que vou preencher com músicas que falam de amor assim e que me deixarão sempre tão vazia de ti. O desespero da ineficiência.
Tento ver de fora. Sair dessa historia e ver como num espelho. Como será daqui pra frente? Sabe o que o meu outro eu, ver? Você  está quase translúcido na visão de futuro dela... que futuro... sempre a esperar por coisa que não veria nunca. 
Mas, agora... você vai seguir um caminho, tentar ser feliz... encontrar alguém pra corresponder as suas expectativas, seus desejos, suas afeições. Alguém... que não será ela. E ela tinha que ver  e tentar sorrir, era irremediável... não...não tinha nada que ela pudesse fazer ou dizer... Se até agora nada tinha conseguido atingir o coração dele, não seriam as suas lágrimas ou o seu desespero que o fariam.
É isso que eu vejo. É isso que eu sinto. Ele e Ela. Nunca dois. Sempre separados.
Difícil te dizer adeus, talvez eu nunca consiga. São anos. Não dias ou meses. Anos. Longos anos de espera. Que perduram. Você me ensinou tanta coisa. É... você me ensinou. E eu agradeço por isso. Sabe qual a mais linda das coisas? Você me ensinou a ouvir estrelas, sabia que só quem é capaz de ouvir é quem ama? Isso é um dom que eu vou levar pra sempre. Queria que você um dia pudesse ouvir também... elas cantam... e hora a hora é uma melodia diferente. Me ensinou a sorrir em meio as lágrimas. Queria ter te ensinado alguma coisa. Queria ter te ensinado a se sentir amado. Mas, você nunca ligou muito pra isso. Só quero te dizer que era mentira quando eu disse que você tinha matado a fé que eu tinha em você. Ela continua aqui. Eu sempre fui uma menina cheia de fé. De esperança. Mas, você sabe o que dizem sobre esperança? Dizem que é a última que morre e a primeira que mata. Eu estou cansada de morrer todo dia. Sim, mas voltando a fé... eu acredito em você, mesmo que todos digam o contrário... eu torço por você...eu te quero muito bem... e eu vou continuar querendo. Durantes os anos, você vai ver... vou está discretamente em lugares estratégicos te aplaudindo. Eu prometo. Eu sempre vou está lá pra te aplaudir. E acredita, você terá muitas ocasiões assim. Eu acredito. Sabe o que você me ensinou também? Sabe aquele ditado de quando a vida dá um limão? Pois é... estou cansando de fazer limonada, meu amor.
Talvez seja melhor assim, eu tenho que ter tempo pra crescer e depois pra voltar a ser criança. Tenho que conhecer coisas novas. Me encontrar e me perder mais algumas vezes. Tenho que encontrar alguém que sinta tanta falta de mim tanto quando eu sinto de você. E hoje você não é esse cara, né? Nunca vai ser... eu sei... eu sempre soube que isso ia ser sempre abstrato, sempre soube que te amaria e você não. Mas, eu achava bonito. Eu acho. Só que pra te amar pra sempre, eu tenho que ir agora. Eu tenho que seguir. Deixar você seguir. Sabe o que me fez sorrir nesse instante? Pensar que você pode lembrar de mim. Mas, aí, lembrei que você tem a pior memória do mundo. Você vai se lembrar das manhãs de playlist temáticas? Vai lembrar dos contos da Caio Fernando que eu selecionei pra você ler a cada manhã? Vai lembrar das músicas super depressivas do Chico que te mandava nos dias difíceis e que  você dizia que gostava só pra eu não fazer um drama? Pensando assim, vou ter mais dias difíceis de saudades. E  nesses dias terei esperança de que você também sinta uma saudade incoercível de mim... olha a minha ingenuidade nessa última frase. Vou sentir saudades dela também. Vou sentir tanto a tua falta. Eu não queria ir, eu juro. Eu vou me arrepender, eu sei. Mas, você sabe que eu não posso ficar, só não pensa que eu  estou indo por não te amar. Mas, te prometo deixar você na região dos meus sentimentos mais nobres. Prometo orar por ti sempre. Prometo te amar sempre. Se você ainda quiser, a gente toma chá aos 70 anos. Eu sei que eu ainda vou querer. Eu sei que ainda vou te amar.  E eu sei também que isso nunca vai mudar. Eu sei que com você eu cresci muito. Eu sei que eu sou feliz por ter te encontrado nessa terra de granito. Eu sei que vou continuar a mesma. E você sabe que vou mudar muito pouco.  Vou continuar sangrando mais que todos  por aqui, nesse mundo aonde o céu do amanhecer é amarelado feito um girassol e salpicado com nuvens vermelhas, iguais as lágrimas que rolam pelo meu rosto enquanto escrevo essas linhas.
Fica bem, meu amor,

Lia Araújo

Muito muito,muito obrigada Lia

14 comentários:

  1. "Durantes os anos, você vai ver... vou está discretamente em lugares estratégicos te aplaudindo. Eu prometo. Eu sempre vou está lá pra te aplaudir."
    Deveria ter deixado em negrito essa parte tb.
    É LINDA!
    Eu amei tudo.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo texto, sim o amor nos deixa esse sentimento quando valeu a pena e ainda vale!
    Um beijo da Ju

    ResponderExcluir
  3. LI, seu blog tá lindo!
    Esse texto é maravilhoso!!
    Estou com saudades!!
    TE AMO!!
    ju

    ResponderExcluir
  4. Perfeito texto, eu o li ainda lá na Pagina da Lia, aproveitei pra reler. o tempo, sempre a solução.

    Beijos beijos!!

    ResponderExcluir
  5. Muito lido Li!
    "Mas, te prometo deixar você na região dos meus sentimentos mais nobres. Prometo orar por ti sempre. Prometo te amar sempre. "
    Adorei!
    Beijoo

    ResponderExcluir
  6. Lilian,
    A Lia é sensassional, acredito que na sua faixa etária seja uma das melhores!
    Parabéns a ela por este tocante texto e parabens para vc por homenagea-la em seu blog!
    Lindas!!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ops
    Escrevi errado, favor corrigir "sensacional"
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Um dos melhores textos q ja li... parabens amiga!!!
    Que tu tenhas uma semana iluminada pelas cores do amor, pela luz do sorriso de quem mais amas e perfumada pelas flores que estao no teu caminho.
    Beijos e uma semana deliciosa! :)

    ResponderExcluir
  9. Esse texto ta mara!!! Q eu faça disso uma oração:
    "Para amores impossiveis o tempo!!!"

    ResponderExcluir
  10. Oh querida, obrigada

    sentimos igual!

    bjos

    ResponderExcluir
  11. Lilian, li, reli seu texto. Lindíssimo. Já havia lido na Lia, mas amei vir visitá-la novamente. coisa boa é passear por sua casa. Aprendizado, sempre!
    Com amor e carinho,
    Silvia
    PS.: Há novas Postagens minhas no meu Blog. Sinta-se bem vinda!
    http://www.silviacostardi.com/

    ResponderExcluir
  12. q maravilhoso texto, quase chorei..
    bem triste e verdadeiro...
    algumas parte parece cmg...

    bjinhus

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto! Perfeito!
    Me deixou com os olhos molhados. ;~
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Lágrimas percorreram meu rosto em quanto eu li.
    Nossa muito linda a postagem.
    Tive um amor assim eu desisti dele.
    Por dentro estou partida sei que vou ama - lo pra sempre, pois um verdadeiro amor nunca morre '
    ''Vou sentir tanto a tua falta. Eu não queria ir, eu juro. Eu vou me arrepender, eu sei.''

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)