27 de mar de 2010

Mas de vez em quando aparece uma ovelhinha,sabe...


"(...)E você se acostuma tanto a ver todo mundo guardando o seu pra si, que começa a fazer igual. Mas de vez em quando aparece uma ovelhinha, sabe, uma ovelhinha que não consegue dissimular que dói, que não consegue entender por que ela tem de ser má igual a todo mundo. E essa aí, esse aí que seja, não tem costelas que protejam o coração, então ele cobre com lã e cota de malha, uma defesa externa que não permite ver o brilho do próprio peito. E pra esses, meu amigo, o amor é um labirinto: milhares de pistas e nenhum céu. Eles não conseguem ler, nem conseguem confiar, e plantam armadilhas. E pra amar gente assim, brother, precisa voar por sobre tudo. Sobre tudo mesmo. "
Caio F.Abreu

21 comentários:

  1. Que texto danado de bonito, Lilian!
    É essa ovelha que eu qro ser quando crescer
    :)

    ResponderExcluir
  2. "E pra esses, meu amigo, o amor é um labirinto: milhares de pistas e nenhum céu. "

    Lindo demais!

    ResponderExcluir
  3. "E pra amar gente assim, brother, precisa voar por sobre tudo. Sobre tudo mesmo."
    A mais pura verdade!
    Que saudade, Lílian... ♥
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. E pra esses, meu amigo, o amor é um labirinto: milhares de pistas e nenhum céu.

    Ui! Doeu-me.

    ResponderExcluir
  5. "o amor é um labirinto: milhares de pistas e nenhum céu."
    Nossa... isso me doeu!

    bjos Lilian
    Bom FDS

    ResponderExcluir
  6. Lindo blog, parabéns. Vou seguindo você

    ResponderExcluir
  7. "...mesmo cruzando as pernas continuam com cabrestos..."

    ResponderExcluir
  8. Ah, doce Caio...quanta falta nos faz aqui...

    Teríamos mais amor...teríamos mais respeito.


    Parabéns querida por este post :)

    me add ao msn, pf?

    carlo.lagos@hotmail.com


    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  9. Que coisa mais linda!
    Você e suas postagens fazem meus olhos brilharem *_*

    Beijo amiga!
    Te amo!

    ResponderExcluir
  10. Considero o amor um precipício, é preciso ter coragem para enfrentá-lo e se cair, cairá nos braços do amor!
    Perfeitas palavras!
    Um beijo Lilian

    ResponderExcluir
  11. Ahh' O amoor! Faz NóS Por vezes' Foraa do ChãO!
    ^^
    Beijus

    Lilian

    ResponderExcluir
  12. nossa meu,que coisa mais liiiiinda *o*
    eu amo aqui mesmo

    ResponderExcluir
  13. "(Mas finjo de adulto, digo coisas falsamente sábias, faço caras sérias,
    responsáveis. Engano, mistifico. Disfarço esta sede de ti, meu amor que nunca veio – viria? virá? – e minto não, já não preciso.)
    Preciso sim, preciso tanto.
    Alguém que aceite tanto meus sonos demorados quanto minhas insônias insuportáveis. Tanto meu ciclo ascético Francisco de Assis quanto meu ciclo etílico bukovskiano. Que me desperte com um beijo, abra a janela para o sol ou a penumbra. Tanto faz, e sem dizer nada me diga o tempo inteiro alguma coisa como eu sou o outro ser conjunto ao teu, mas não sou tu, e quero adoçar tua vida.
    Preciso dessa emoção que os antigos chamavam de amor, quando sexo não era morte e as pessoas não tinham medo
    disso que fazia a gente dissolver o próprio ego no ego do outro e misturar coxas e espíritos no fundo do outro-você, outro-espelho,
    outro-igual-sedento-de-não-solidão, bicho-carente, tigre e lótus."


    porque CAIO sempre fala o que esta aqui..........DENTRO

    carinho

    ResponderExcluir
  14. Convite
    O livro "Continuando assim..." foi maltratado...

    Resolvi por isso, e porque tanta gente não encontra o livro onde deveria estar (nas livrarias), recontar a história
    Lá no …. Continuando assim…
    www.continuandoassim.blogspot.com

    O livro reescrito não está igual (nem poderia!) ao que foi editado.
    Obrigada a todos os que vão seguindo (pois só assim vale a pena).
    Um obrigada especial a quem ainda não conhece e chega de novo

    Uma reflexão em relação a todo este assunto entre livros, autores e editoras, e um conselho, se me é permitido:

    --- quando vos pedirem dinheiro para editar as vossas palavras, simplesmente digam que não ---
    BJ
    Teresa

    ResponderExcluir
  15. Começei meu blog a pouco tempo e estou em divulgação ainda! se poder der uma visita e uma comentada agradeceria *-*
    e se gostar do meu blog, SEGUI? *-.-*

    brigado.

    ResponderExcluir
  16. gostoso e enovlnte texto.
    pequeno e direto.
    parabens...

    êêê passando pra cOmentar...
    para agradecer os parabens...
    e foi tantos comentarios q eu cansei e pra relxar agora vou ver filme;;

    O homem que oCupiava
    depois...
    viadagem ao centro da terra. e
    Independe se Day
    uff
    e feliz dia do blu ray do felipe dylon..

    ResponderExcluir
  17. "E pra amar gente assim, brother, precisa voar por sobre tudo. Sobre tudo mesmo. "
    Eu amo uma ovelha dessas :/
    Muito lindo aqui, parabéns!
    Adoro Caio.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. merece até um comentário novo!

    ResponderExcluir
  19. "que não consegue dissimular que dói, que não consegue entender por que ela tem de ser má igual a todo mundo."

    tão pra mim =X

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)