29 de jan de 2010

-Do filme 'Veronika Decide Morrer'




Bom vamos ver,após concluir que eu estou deprimida , sei lá , vai me dar remédios não vai?
É eu sei que centenas de pessoas tomam e estão todas muito bem , sério.Vou sair daqui e voltar ao trabalho com meus novos antidepressivos, vou jantar com meus pais e convencê-los que voltei a ser a pessoa normal que nunca da trabalho.
Um dia um cara vai me pedir em casamento, ele vai ser gentil e meus pais vão ficar muito felizes.
No primeiro ano vamos fazer amor o tempo inteiro, no segundo e no terceiro cada vez menos.
Mas quando começarmos a enjoar um do outro eu vou ficar grávida. Criar filhos, manter o emprego,pagar a hipoteca ,vai manter a nossa estabilidade por uns tempos.E aí uns dez anos depois ele terá um caso porque eu estarei ocupada demais e cansada demais.E eu vou descobrir, vou ameaçar matá-lo,matar sua amante e me matar,nós vamos superar isso.E alguns anos depois ele vai ter outro, dessa vez eu vou fingir que não sei por que dessa vez eu não vou achar que valha a pena armar um barraco.
E eu sei que vou viver o resto dos meus dias ás vezes desejando que meus filhos tivessem a vida que eu não tive,outras vezes satisfeita por suas por suas vidas se tornarem reprises da minha.E eu estou bem é sério!

4 comentários:

  1. A vida realmente nos traz vários pensamentos
    Mas prefiro pensar no presente que já é um presente da vida
    !!!
    E viva as quase conclusões do futuro..hehe

    http://marcelareinhardt.blogspot.com/2010/01/resultado-da-1-fase-do-concurso-de.html
    Vá nesse link e se puder dá uma olhada na minha poesia, ela é finalista ok

    Abraço
    !!!

    ResponderExcluir
  2. Me vi no texto.
    Veronika decide morrer, não assisti o filme mas li o livro. Amei!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lílian!
    Menina, o blog tá lindo!

    Sabe o que eu acho mais engraçado...
    A nossa vida parece ter sempre o mesmo roteiro e por mais que nós passemos às vezes o tempo inteiro tentando mudar, as coisas acontecem todas da mesma maneira.
    Quem sabe não está certa aquela frase: "O ser humano nasce, cresce, se reproduz e morre."
    Enfim, das delícias e dissabores da vida, não entendo nada, mas sei que viver é uma caixinha de surpresas!
    Beijões minha querida! Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  4. Me vi no texto dois. [2]
    É a vida da maioria das mulheres, certo? Não consigo me ver nessa vida pequena, e ao mesmo tempo sei que é o que acontece.
    Queria ser jovem para sempre!

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)