6 de jan de 2012

O que me assombra...


"Holocaustos não me assombram. Estupros e trabalho escravo infantil não me assombram. Franklin, sei que você pensa o contrário, mas Kevin também não me assombra. Fico assombrada quando deixo cair uma luva na rua e um adolescente corre dois quarteirões para devolvê-la. Fico assombrada quando a moça do caixa me lança um amplo sorriso, junto com o troco, quando a minha fisionomia era apenas uma máscara apressada. Carteiras perdidas enviadas aos respectivos donos pelo correio, estranhos que fornecem indicações precisas de uma rua, vizinhos que regam as plantas uns dos outros — essas coisas me assombram."

Lionel Shriver

8 comentários:

  1. Interessante, pequenas atitudes que deviam ser "normais". (:
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Magnifico!! Realmente eh de se assombrar quando se depara com a delicadeza, compaixão, honestidade hoje em dia...
    Adorei!
    Inspirador!

    Xero

    Ana

    ResponderExcluir
  3. Essas coisas não me assombram,mas me deixam muito surpresa.Até porque nunca vi nada disso acontecer comigo.

    ResponderExcluir
  4. quanta verdade há nesse parágrafo...

    Macabro é viver num mundo em que gentileza e cortesia são coisas completamente estranhas e assombrosas.


    gosto muito das suas seleções de textos e autores. ^^

    parabéns!!

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente ficamos assombrados de ver ainda um clarão de bondade e civilidade nas pessoas. Uma pena, mas verdade.
    Lindo fim de semana.
    Obs: Aparece no Lua...rs.
    Beijooos.

    ResponderExcluir
  6. Raros assombros!
    =)

    bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  7. Hey,que palavras!
    Gentileza gera gentileza,então é melhor fazermos nossa parte.

    =) Beijo,ótimo 2012!

    ResponderExcluir
  8. Alguém pode me dizer em que página do livro esse parágrafo está? Eu já li o livro mas estou querendo muito reler essa parte.

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)