11 de abr de 2011

Outra pessoa


no discurso romântico são feitos vilões. mas, na realidade, são anti-heróis.
bons corações que se perderam pelo cotidiano e chegaram depois. maldito seja esse músculo que não se norteia por bússolas ou se guia por satélites! e acabamos nos apaixonando por corações já conquistados (não encontro explicações por que amamos e queremos ser amados por um determinado ser e excluimos todo o resto da humanidade) e tornamo-nos aoutra pessoa.
grandes doses de manutenção da integridade do eu se fazem necessárias. é o oposto daquilo que se diz  politicamente correto. no discurso amoroso, os sentimentos nem sempre procuram situações formatadas e explorar territórios colonizados sempre resultam em algumas baixas, cicatrizes de batalhas e corações feridos de alguma parte.
cautela é recomendada. mas, é fundamental viver o que se ama.

Thiago Yonamine

8 comentários:

  1. "cautela é recomendada. mas, é fundamental viver o que se ama."

    porque não se pode ter paz, evitando a vida!

    Um beijo, Lilian!

    ResponderExcluir
  2. Ai, ai... E como é difícil quando você já foi "a" pessoa e passa a ser a "outra" pessoa...

    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  3. É verdade, quando se fala em sentimento cometemos tantas coisas para estarmos com quem amamos, não é?
    Adorei a frase: "cautela é recomendada. mas, é fundamental viver o que se ama."

    ResponderExcluir
  4. Renata disse:
    Se há cicatrizes,confusões sentimentais,decepções...
    concerteza vc mudou,é outra pessoa.
    E acredite,mesmo assim,de alguma forma,valeu a pena.

    *Lilian,eu posso copiar o selo dessa campanha contra o plágio para divulgá-la em nosso blog?

    Bjss!

    ResponderExcluir
  5. "cautela é recomendada. mas, é fundamental viver o que se ama."
    Caraca Lilian...vc só pode estar me vigiando, só pode. Toda vez que venho aqui tem alguma coisa que vem exatamente de encontro ao que estou pensando ou sentindo.
    Hj ainda escrevi sobre anti-herói (tá lá, salvo como rascunho, talvez eu poste)

    É...medo de vc!
    Rs

    Bjo!

    ResponderExcluir
  6. nossa, que lindo, amei, demais.
    é falar de sentimento não tão fácil como imaginamos não, podemos cometer muitos erros.
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. cautela é recomendada. mas, é fundamental viver o que se ama.

    isso me deixou pensativa, e feliz por saber que vivo o que amo.

    ResponderExcluir
  8. Já fui cautelosa e nem por isso consegui evitar algumas decepções...

    Fundamental (mesmo) é viver o que se ama. Viver esses momentos bons.

    Se houver dor, pelo menos teremos tbm recordações bonitas.

    Bjs doces querida

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)