12 de abr de 2011

de um apartamento do 8° andar

a vida me incomoda como o som de unhas que arranham a lousa sem parar. que vão e voltam pelo quadro negro provocando um arrepio permanente. tortura insuportável, a vida. por isso, eu levantaria ainda mais os muros. fecharia com tijolos as janelas. encostaria o armário pesado atrás da porta. apagaria as luzes pra não enxergar o espelho. pele suja. poros entupidos pelo que vem da cidade imunda. sinais no canto da boca, pelos sorrisos sem vontade. me incomoda, a vida. a repetição do trabalho. o apertar de parafusos para criar uma peça que eu nunca desejei. por isso, eu me trancaria para sempre. pra morrer sozinho. na minha bipolaridade. paranóia. esquizofrenia. no meu transtorno obsessivo compulsivo. no meu déficit de atenção. hiperatividade. pra morrer sozinho em um ataque do coração a três passos da gaveta de tarjas pretas. anestésicos. analgésicos. antidepressivos. relaxantes musculares. anti-hipertensivos. comprimidos. amarelos pra cabeça. vermelhos pro estômago. azuis para o pau. inalantes. ansiolíticos. anfetaminas. misturaria tudo para evitar essa morte lenta que me embrulha o estômago. a vida insuportável que no máximo provoca um vômito no meio da madrugada. fast-food no chão do banheiro. suor frio na volta pra cama. pra dormir duas horas, antes do tudo-de-novo. eu trancaria as portas pra morrer sozinho no aperto do apartamento do oitavo andar. mordendo as bochechas por dentro. abafando os gritos no travesseiro pra não incomodar. pra ser encontrado apenas semanas depois. debaixo das patas dos meus gatos imundos. famintos, atrás de comida, mas me rejeitando pelo gosto amargo. a vida me incomoda como o som de unhas arranhando a lousa sem parar. um ruído já permanente. a cada dia mais rápido. a cada dia mais alto. você ouve?


Eduardo Baszczyn



Radiohead - Fake Plastic Trees

_

8 comentários:

  1. CA RA CA !!!!

    Finalizar com Radiochead foi sacanagem!

    Apertou o peito.
    =/

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Comovente,paralisaDOR,despertaDOR...
    a cada dia mais alto e peremptório,não estou sozinha,é isso?
    "...isso o desgasta..."

    *Que combinação perfeita:a música,a imagem,o post...tudo lindo e tão intenso!

    *Obrigada por ser gentil!

    Bjs Lilian!!

    ResponderExcluir
  3. Incrível, muito envolvente o texto!
    gostei muito daqui,
    já estou seguindo ;)

    beijo,
    =*

    ResponderExcluir
  4. Eu já morei no oitavo andar. O número 8 é místico. Eu tinha medo mas depois que estudei, vi que não precisava ficar com medo. BJs CY.

    ResponderExcluir
  5. Caramba! Estou longe do oitavo andar, mas sentindo algo muito parecido!
    Adorei o texto!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Haaaaa..que lindas palavras, belíssimas. Me idendifiquei demais com tanta intensidade. Com tanta vontade de expressar, de gritar e de atingir o alvo exato. Parabéns. Ler tais palavras me fazem acreditar que existem pessoas como eu lá fora, sim, fora do meu próprio mundo. Essa vontade de se isolar, de se trancar, e de viver dia após dia é natural. Fruto do descaso, do mais do mesmo, do cotidiano em si. Há, e a música do Radiohead é FODA. Postagem master.

    ResponderExcluir
  7. isso arrepiou.
    lindamente.
    doídamente.

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)