12 de fev de 2011

“Já tinha então a impressão de conhecê-lo como se tivesse vivido com ele toda a vida, e acreditava que ele era capaz de mandar o navio voltar ao porto se isso pudesse curar sua dor.”

Gabriel Garcia Márquez, O amor nos Tempos do Cólera

8 comentários:

  1. Adoro García Marquez. Perfeito demais!

    Um beijo, flor!

    ResponderExcluir
  2. Gabriel Garcia Márquez é simplesmente demais. Provavelmente irei ler algum livro dele quando chegar "Literatura Espanhola" na faculdade *--*

    ResponderExcluir
  3. Amores raros. Há, tb, aqueles em que sempre parece o início. Igualmente belos.

    ResponderExcluir
  4. *--*
    Lindo lindo lindo.
    Uma ótima escolha de trecho.

    Beijos ;*

    bellanogueiira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Já ou vi falarem deste livro... e MUITO bem! E vendo por este trecho, não estavam errados.

    adorei!
    :)

    ResponderExcluir
  6. Amores raros e mágicos!

    te beijo com saudade!

    ResponderExcluir
  7. Belas palavras *-* amei...

    Mudei o link do meu blog... atualiza no painel #please ;)
    http://daniellymeloescritos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)