11 de ago de 2010

Pode sair até uma flor.

"E ler, ler é alimento de quem escreve. Várias vezes você me disse que não conseguia mais ler. Que não gostava mais de ler. Se não gostar de ler, como vai gostar de escrever? Ou escreva então para destruir o texto, mas alimente-se. Fartamente. Depois vomite. Pra mim, e isso pode ser muito pessoal, escrever é enfiar um dedo na garganta. Depois, claro, você peneira essa gosma, amolda-a, transforma. Pode sair até uma flor. Mas o momento decisivo é o dedo na garganta. E eu acho — e posso estar enganado — que é isso que você não tá conseguindo fazer. Como é que é? Vai ficar com essa náusea seca a vida toda? E não fique esperando que alguém faça isso por você. Ocê sabe, na hora do porre brabo, não há nenhum dedo alheio disposto a entrar na garganta da gente."

Caio Fernando Abreu

15 comentários:

  1. Eu escrevo pouco, sempre que leio muito... Adoro ler... Me inspira!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. .

    Nestas mãos aonde a flor desabrochou
    ficou o cheiro da saudade, do amor.
    Sempre que a vejo tem por perto uma
    rosa aberta com intenso perfume
    colorida de borboletas...

    silvioafonso.




    .

    ResponderExcluir
  3. oi amiga sauddes de vc.. virei fregues..beijos Jô

    ResponderExcluir
  4. Exatamente o que eu precisava ler hoje (como se eu não precisasse ler um pouco de Caio sempre). Mas dessa vez, bateu com o que eu sinto, de verdade - ando um meio confusa em relação às minhas escrituras e tudo mais :\
    Enfim, muito bom, mesmo :)

    ResponderExcluir
  5. Adorei te blog... eu estava apenas de passagem mais resolvi ficar "socia". kkk

    O texto é lindo e o aoutro dispensa comentarios.

    Estou te seguindo.
    Passa no Meu tb.

    Grande beijo
    Thaty
    Pedaços do Cotidiano
    http://pedacosdomeucotidiano.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Escrevo sempre o que nao digo a ninguem

    legal o blog

    ResponderExcluir
  7. Nossa... Uma das melhores definições que já li sobre o que é escrever.

    =*

    ResponderExcluir
  8. Há que se ter um pouco de angústia para que se possa escrever.
    Quem está contente e satisfeito, não tem do que escrever.
    Bulimia literata!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Mais um texto fantástico com uma das melhores definições sobre a escrita que eu já li...

    Bjito directamente da Lua

    ResponderExcluir
  10. Olá amada, estou passando pra dizer que fiz o selo oficial de meu blog e estou compartilhando com todos aqueles cuja essencia ilumina meu cantinho. E voce é uma dessas pessoas cheias de luz!
    Espero que aceite com todo carinho. Está em minha última postagem.

    Beijo no coracao! :)

    ResponderExcluir
  11. Lindo esse trecho do Caio. Bela postagem!
    Beeijos *_*

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)