5 de jul de 2010

Que haja amor e menos covardia nas nossas escolhas...


Para perder menos tempo com joguinhos. Para vencer o medo. Para dizer o que tiver que ser dito, mas não em outro idioma. Por favor. Chega de tanto tentar salvar nossa pele. Já sabemos, ela alcançará seu fim. Salvemos nossa alma da ruína, desse excesso de gestos comedidos, do medo, da solidão. Porque fugir é instintivo, e é biologicamente tão mais fácil e provável. Ficar é escolha.Que haja amor e menos covardia nas nossas escolhas... Senhor, escutai as nossas preces. Amém.'


Cecília Braga.

6 comentários:

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)