19 de out de 2009

Enquanto meus braços...

10 comentários:

  1. Lindo.! Mas você pode o tocar com o coração.

    Beijooooos e ótima semana

    ResponderExcluir
  2. Isso é o que eu seempre mantenho em mente, pra amenizar a saudade.
    Afinal, ninguém está tão distante assim se é o mesmo céu que cobre nossas cabeças, o mesmo Sol que ilumina nossos dias e a mesma Lua que ilumina nossas noites... olhando a mesma estrela, seria como estar olhando nos olhos da saudade.

    Beijos #

    ResponderExcluir
  3. Que lindas palavras para expressar o quanto podemos estar juntos mesmo longe uns dos outros, o quanto podemos nos sentir juntos.
    Olhar uma mesma estrela, pensar com amor, lembrar-se todos os dias, tudo é uma forma de abraçarmos uma pessoa que amamos...
    Estou amando tudo que vc coloca em seus cartões de autoria desse cara e o cartão, ah... o cartão TÁ DIVINO!!!!
    Beijos, amo vc!!!

    ResponderExcluir
  4. efectivamente na distância há outros braços que estendem.

    ResponderExcluir
  5. Ah, eu fico pensando nisso quando sinto saudade de alguém, é uma forma mais simples de enganar a saudade...
    Hein, Lílian, tem selinho pra ti lá no Ninho.
    Beeijos!*-*

    ResponderExcluir
  6. oxente!!! vim comentar e percebi q ñ tava te seguindo...que estranho! mais agora tô e vou voltarrrrrrrrrrrr
    bjus!

    ResponderExcluir
  7. É verdade, sob o mesmo céu é impossível estar tão longe mesmo que seja longe e a saudade aperte!!
    Adoro Lucas Silveira.
    Bjs lindinha

    ResponderExcluir
  8. Lilian, lindo este texto q vc postou... quem escreveu realmente estava inspirado *-*

    e olha, tem ums elinho pra vc lah no blog, beijososss =*
    e parabens pelo blog lindo!

    ResponderExcluir
  9. Adoreiii!!! Mtoo mtoo lindo isso né.
    O bom é saber que temos essa possibilidade de sonhar!

    ResponderExcluir

Agradecemos a preferência.Volte sempre ! :)